Em maio de 1981, parei em uma feira de livros na Cinelândia RJ a fim de comprar um exemplar da Bíblia Sagrada, orientado por um colega de trabalho, quando fui abordado por uma jovem chamada Elisabete que me convidou para participar de um culto ao ar livre, ali mesmo na Cinelândia, infelizmente naquele dia não houve o culto pois houve um problema de transporte com a aparelhagem. Ela então me convidou para ir ao Teatro da ABI, Associação Brasileira da Imprensa, refutei pois não havia avisado minha esposa de que chegaria tarde, nesta época não haviam celulares como hoje, kkk.

De tanta insistência acabei indo e quando pisei no solo do Teatro em uma quarta feira, já comecei a ficar emocionado com a presença de Deus, gente orando, outros lendo a Bíblia, um ambiente de total reverência me impressionou pois eu procurava “Paz”.
Naquele dia chorei do início ao fim do culto e ao término da mensagem que falava sobre a Graça de Jesus, (II Co 8:9) entreguei a minha vida totalmente a Jesus, que me deu a sua paz e me transformou, transformou o meu lar que estava quase destruído. No domingo próximo levei minha esposa no culto de manhã, que aceitou a Jesus, também chorávamos os dois  durante todo culto, pois a nossa vida estava em frangalhos, mas Deus é bom, naquele dia quando fomos dormir, peguei a Bíblia para ler e vi em Êxodo 20, que não devíamos fazer Imagens de escultura e nem adorá-las, nós tínhamos um altar em casa, também li em Deuteronômio que deveríamos quebrar as imagens que fizéssemos para pecar contra Deus. Minha esposa tomou a iniciativa e quebrou todas as imagens e colocou em uma bolsa e jogamos tudo fora, Jesus estava restaurando nossa casa.
A História é muito grande, a partir deste dia eu e a minha casa servimos ao Senhor.
Sou Casado com Sonia Maria de Moraes Fraga há 43 anos, tinha na época três filhos: Rogério de Moraes Fraga, Katia Cristiane de Moraes Fraga e Sergio de Moraes Fraga, todos já casados, hoje tenho um filho adotivo chamado Rafael de Moraes Fraga 18 anos.
Hoje Pastor da Igreja Missionária Evangélica Maranata, atuo como Administrador do nosso sítio em Xerém e auxilio pastoreando em nossa congregação em Duque de Caxias.
Que Deus abençoe a todos.